DIPLOMAÇÃO E POSSE DO NOVO GRÃO-MESTRE E GRÃO-MESTRE ADJUNTO DO GOB-MG – GESTÃO 2019/2023

No dia 18 de dezembro de 2019, às 09:00h, no Templo Nobre do Palácio Tiradentes, sede do GOB-MG, o Eminente Irmão Clescio César Galvão e o Poderoso Irmão Olímpio Antônio Maia Abreu foram diplomados, pelo Egrégio Tribunal Eleitoral Maçônico do GOB-MG, e empossados, pela PAEL/GOB-MG, respectivamente, no cargo de Grão-Mestre Estadual e Grão-Mestre Estadual Adjunto do Grande Oriente do Brasil – Minas Gerais.

Empossado o Eminente Ir. Cléscio César Galvão proferiu seu discurso de posse:

“Meus irmãos,

Não obstante nossa tenra idade maçônica – nesta existência – temos doravante a honra de presidir essa grandiosa instituição – o Grande Oriente do Brasil – Minas Gerais, na condição de Grão-Mestre Estadual, legitimamente eleito pelo regular processo democrático.

Todos acompanharam quão penoso foi o caminho para aqui estarmos. Tivemos que superar inúmeras dificuldades, o que fizemos dentro dos princípios da ética, retidão e respeito. No percurso dessa laboriosa jornada aprendemos que “somente árvore que dá fruto toma pedradas”, razão pela, ao contrário do que sofremos, nunca atiramos nenhuma pedra.

Apesar de todos os infortúnios e desgastes, causados por ações distantes do espírito de fraternidade, podemos confirmar que nossas instituições estão em pleno funcionamento, garantindo a todos os Irmãos do Grande Oriente do Brasil a mais ampla e lídima defesa. Isso nos dá a todos a certeza de que devemos sempre nos valer de todas as ferramentas legais disponíveis para a salvaguarda de nossos direitos.

Tivemos a oportunidade e assim fizemos questão de fazê-lo, de durante a campanha eleitoral, visitar todas as regiões de nosso grandioso Estado. Nesse peregrinar colhemos observações valorosas dos anseios e expectativas de nossos Irmãos, o que muito contribuiu para o aprimoramento de nosso programa de administração.

Mas o que de melhor colhemos em nossas visitas, foram as boas vibrações e as melhores energias emanadas por todos os Irmãos, que foram o combustível que nos moveu e serviu de sustentáculo para superarmos as pedras do caminho.

É imensa a nossa responsabilidade ante ao sentimento de esperança que conseguimos espargir por toda a nação gobiana mineira, procurando levar uma proposta calcada na FRATERNIDADE, visando o resgate da CONFIANÇA.

Vencida a etapa do processo eleitoral, descortina-se diante de nós o futuro e os inúmeros desafios do porvir, na condução dos desígnios do nosso querido GOB-MG.

O que fizemos para merecer tão nobre honraria? Que predicados trazemos? Eis que ainda estamos no pré-sal da evolução. Somos um ser desprovido de méritos, muito mais devedor das dádivas divinas, do que merecedor de qualquer indulgência ou reconhecimento. Todavia, buscamos incansavelmente nosso aprimoramento pessoal, moral e espiritual, no constante lapidar de nossa pedra bruta.

A filosofia maçônica nos ensina que devemos ser úteis e dedicados. Assim fomos? Assim somos? O que fizemos? Resta-nos a conformação de que pelo menos tentamos diuturnamente. Sempre defendemos que a maior honraria que deve laurear um Maçom é o seu reconhecimento como um obreiro útil e dedicado.

Sabemos que já ocuparam esse honroso cargo de Grão-Mestre Estadual valorosos e virtuosos Irmãos. A todos os nossos ex Grão-Mestres nossa reverência e apreço, com rogativas que nos abençoem, para que possamos dignificar tal honrosa missão que hoje abraçamos.

No mesmo sentido, rogamos também a todos os Irmãos que se encontram perfilados no Oriente Eterno, para que fluidifiquem suas boas energias em nosso ser, para que possamos levar a contento esta nobre tarefa.

Muito ouvimos falar do peso da enorme responsabilidade que hoje assumimos. Sabemos que nossa Instituição traz em si o sedimento da história, com a forja das adversidades, a condensar a responsabilidade daquele Irmão escolhido por seus pares para dirigi-la. Missão essa que hoje abraçamos com especial fervor e devoção.

Acreditamos que sozinhos nada somos, mas, com a participação de todos, nenhum fardo é por demasiado pesado. Daí, portanto, acreditarmos que tal peso é irrelevante, ante ao nosso compromisso de fidelidade maçônica, nos supremos interesses de nossa Sublime Ordem, do Grande Oriente do Brasil e em especial do nosso GOB-MG.

Assim entendendo, não ser um fardo, mas uma missão, nos apresentamos de Pé e a Ordem, para o trabalho profícuo e honesto, não obstante, não possamos afirmar estarmos de todo e tudo preparado. A despeito das nossas mazelas pessoais, que afloram tal qual arestas cortantes da pedra bruta, temos a convicção de poder contar com as luzes de todos vocês, meus Irmãos e amigos. Saberemos ter a humildade para buscar as orientações e conhecimento dos mais tarimbados e experimentados na vida maçônica. Tudo em prol de nosso objetivo: FAZER DIFERENTE, PARA FAZERMOS A DIFERENÇA.

Sabemos de nossa grande responsabilidade, ante ao risco de vir a decepcioná-los. Assim, concitamos a todos os Irmãos a nos ajudarem nesta missão e rogamos que estejam sempre ao nosso lado, emprestando-nos vossas sabedorias e conselhos, e ajudando-nos a terraplanar nosso caminhar, para que ao final, sejamos dignos de qualquer adjetivo que venha a aderir ao nosso nome.

Não podemos fechar os olhos ante aos problemas que assolam nossa Pátria. Somos a reserva moral da sociedade e espelho de conduta e atitudes. Não nos esqueçamos de nossa responsabilidade social, na construção de um país melhor. Podemos e devemos agir. Não é preciso dizer-lhes o que fazer, pois trata-se de sentimento intrínseco da filosofia maçônica. Vamos ao trabalho para a construção de uma sociedade mais justa e fraterna, resgatando o papel de relevância que a Maçonaria sempre exerceu na história de nosso país.

Sabemos que o dirigente maçom não pode ficar adstrito aos limites territoriais de nosso Estado. Podemos e devemos participar de tudo aquilo que diz respeito à nossa Sublime Ordem e ao Grande Oriente do Brasil. Aos nossos dirigentes aqui presentes, externamos nosso compromisso de trabalhar com afinco pela união e progresso de nossa Obediência, defendendo e fortalecendo nossa unidade – nosso maior patrimônio. Contem conosco para o trabalho fraterno e produtivo, certos de que não encontrarão aqui espelho para querelas insignificantes. O Grande Oriente do Brasil – Minas Gerais não se furtará em sua missão e responsabilidades, estando sempre pronto a defender os princípios norteadores de nossa conduta – Liberdade, Igualdade e Fraternidade, para o engrandecimento e fortalecimento da unidade do Grande Oriente do Brasil.

Consignamos aqui nossos sinceros agradecimentos ao Soberano Irmão Múcio Bonifácio Guimarães, nosso Grão-Mestre Geral, que não mediu esforços para que Minas Gerais superasse suas dificuldades e concluísse seu processo eleitoral, respeitando a vontade soberana das urnas. A atuação do Irmão Múcio reveste-se do adjetivo do PACIFICADOR, título esse que lhe foi concedido recentemente pelo Grande Oriente do Brasil Rio Grande do Norte, em justo reconhecimento à sua atuação fraterna na harmonização das questões internas de nossa instituição.

Aos Poderes Legislativo e Judiciário nosso compromisso de trabalharmos de forma harmônica, respeitando a independência de cada um dos poderes constituídos, para o bem comum de nossa instituição.

A essa Casa Legislativa nosso respeito e admiração, por termos passado por seus quadros, onde colhemos profícuos conhecimentos para o aprimoramento de nosso saber maçônico. Trazemos no coração o sentimento de gratidão, pois se hoje tomamos posse como Grão-Mestre Estadual, devemos isso à coragem e independência dessa Casa de Leis, que atenta à sua responsabilidade pela regularidade e normalidade no que diz respeito à administração do GOB-MG, se autoconvocou, extraordinariamente, para exercer o seu papel constitucional de empossar o Grão-Mestre eleito. Nosso muito obrigado a todos vocês.

Ao Poder Judiciário, em todas as suas jurisdições e instâncias, nosso reconhecimento e agradecimento pela condução do processo eleitoral, que termina com a consagração da vontade soberana das urnas.

Consignamos especial agradecimento ao Eminente Irmão Altamiro Lourenço de Souza, Presidente dessa Casa de Leis, que de forma altiva exerceu a interinidade do Grão Mestrado Estadual, não olvidando esforços para a administração não sofresse solução de continuidade.

As obediências maçônicas coirmãs aqui presentes, nosso compromisso do trabalho incessante para a promoção da união e fraternidade entre nossos Obreiros e Oficinas. Tenham a certeza que encontrarão no GOB-MG um parceiro amigo e atuante na promoção de atividades comuns, para o nosso engrandecimento mútuo e fortalecimento dos laços fraternais que nos une.

Externamos aqui nossos sinceros agradecimentos a todos os Irmãos que integraram o staff de nossa campanha, cujas atuações e orientações foram fundamentais para nossa vitória nas urnas. Recebam nosso abraço de gratidão e reconhecimento. Vocês são especiais.

Agradecimento especial rendemos ao Irmão Olímpio Maia Abreu, empossado como Grão-Mestre Estadual Adjunto. Parceiro de jornada e amigo de todas as horas. Desenvolvemos um sentimento que há de permear nossa gestão, qual seja, a LEALDADE. Obrigado meu Irmão e Amigo e que possamos juntos corresponder à esperança que é depositada em nossa administração.

Não poderia deixar aqui de render culto e agradecimento à minha família. Minha querida esposa Márcia, parceira de todas as horas, e meus filhos amados Lorena, Ana Maria e Cléscio Filho, além dos demais familiares. Todos vocês meus entes queridos sofreram igualmente conosco e foram o berço de paz a serenar nosso ânimo e reavivar nossas esperanças. Muito obrigado. Amo vocês.

Por fim, graça maior rendemos ao Grande Arquiteto do Universo, rogando que ilumine nossa jornada e dissipe as trevas de nossa alma. Que Ele nos conceda agir segundo os ditames da Oração de Francisco:

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz
Onde houver ódio, que eu leve o amor
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão
Onde houver discórdia, que eu leve a união
Onde houver dúvida, que eu leve a fé
Onde houver erro, que eu leve a verdade
Onde houver desespero, que eu leve a esperança
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Fazei que eu procure mais consolar que ser consolado
Compreender que ser compreendido
Amar que ser amado
Pois, é dando que se recebe
É perdoando que se é perdoado;
E é morrendo que se vive
Para a vida eterna

Obrigados a todos e reafirmamos aqui o nosso compromisso de uma gestão fraterna, pujante e transparente.

 Que o GADU nos abençoe a todos”.

Estiveram presentes;

– Eminente Irmão William César Ireno, Presidente da Poderosa Assembleia Estadual Legislativa GOB-MG
– Eminente Irmão Altamiro Lourenço de Souza, Grão-Mestre Interino do GOB-MG
– Eminente Irmão Cláudio William Alves, Past Grão-Mestre do GOB-MG
– Eminente Irmão Custódio Dias de Oliveira, Past Grão-Mestre do GOB-MG
– Sereníssimo Irmão Edilson de Oliveira, Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica de Minas Gerais
– Sapientíssimo Irmão Vanderlei Geraldo de Assis, Grão-Mestre Adjunto do Grande Oriente de Minas Gerais
– Poderoso Irmão José Anísio Bello Santos, Assessor do Gabinete do Soberano Grão-Mestre do GOB
– Poderoso Irmão Mário Luiz Penna Esteves, Presidente do Egrégio Tribunal Eleitoral do GOB-MG
– Ilustre Irmão José Luiz Ribeiro de Melo, Juiz do Egrégio Tribunal de Justiça do GOB-MG

Também representadas as 374 Lojas Maçônicas, os Deputados da SAFL e PAEL-MG, e aproximadamente 290 maçons e representantes das Entidades Paramaçônicas.

Secretaria de Comunicação e Informática do GOB-MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *