GOB-MG | Homenagem do Grão-Mestre a todas as Mulheres

Amar uma Mulher por Cléscio César Galvão – Grão-Mestre do GOB-MG

Amar uma mulher

Viver um amor
Nascido eterno
Amadurecido subalterno
Doce inferno

Sentimento sufocante
Tal qual fumaça em túnel
Buraco negro do sofrer
Doce padecer

Mulher ideal
Espelho de nossas almas
Seda, cetim, flor de maracujá, canto do sabiá
Em tudo você será

Perfume de flor de laranjeira
Inebria e sufoca qual hora derradeira
Você mulher primeira
És o contorno sublime de todos os nossos anseios e desejos

Amar uma mulher
Sensação de montanha russa
Êxtase total, impotência passional
Fogo bestial? Ou será celestial?
Não existe nada igual

Só quem já amou
Sabe mensurar
Os poetas errantes nos dão a luz do luar
Você mulher, tudo sabe nos dar

Expressar seu valor
Uma biblioteca inteira não poderia
Você é tal qual o universo
Imensurável

(Autor: Cléscio César Galvão)