Grão Mestrado em Ação | 125 anos de ativismo social e de pura Maçonaria

Com o cumprimento devido dos protocolos sanitários, o belíssimo Templo da Loja Caridade e Firmeza n. 518, do Oriente de Juiz de Fora, foi palco no dia 27 de agosto de uma das mais importantes cerimônias ocorridas em sua história, com a presença de irmãos representantes de várias Lojas, dos poderes executivo e estadual do GOB-MG e dos poderes executivo e judicial do GOB.

Comemorando o jubileu secular de prata por seus 125 anos, seu novo estandarte ostentado o título “Cruz da Distinção Maçônica” foi consagrado por uma comissão composta pelo Sapientíssimo irmão Ademir Cândido da Silva, Grão-Mestre Geral Adjunto, pelo Eminente irmão Cléscio César Galvão, Grão-Mestre do GOB -MG e pelo Eminente Irmão Adriano Pereira Pinheiro, presidente da Poderosa Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Fazendo jus à importância histórica de uma Loja a quem se atribui ter sido criada a prática de saudar o Pavilhão Nacional durante os trabalhos maçônicos e que foi visitada por ex-Grãos-Mestres Gerais e importantes figuras da Maçonaria como General Thomaz Cavalcanti, Benjamin Sodré, Álvaro Palmeira e Moacyr Arbex Dinamarco,  membros dos três poderes maçônicos se fizeram também presentes, como o Sapientíssimo irmão Wanderley Salgado de Paiva, que fez alusão a talvez ter sido a primeira vez que um presidente do Supremo Tribunal Federal Maçônico se ter feito presente a essa tradicional Loja.

O Venerável Mestre da ARLS Cruz da Distinção Maçônica Caridade e Firmeza, Rogério Bonfá discorreu rapidamente sobre o orgulho da bonita história da Loja e, em nome dela e de todos os irmãos, entregou certificados de presença para várias autoridades maçônicas, presenteando também os Sapientíssimos e Eminentes Irmãos com mimos da Loja, entre os quais o livro “Caridade e Firmeza: origem, rito e história”, de autoria dos irmãos Cleber Antunes e Daniel Giotti de Paula, também lançado naquela ocasião.

O irmão Orador da Loja, Daniel Giotti, contou brevemente feitos importantes da Loja para a sociedade de Juiz de Fora e para a Maçonaria brasileira, enfatizando o legado que a Caridade e Firmeza construiu pelas mãos de irmãos como o pranteado Francisco Prado, que foi Grão-Mestre Adjunto da Ordem em 1932, o pranteado Jurandyr Pires Ferreira, que foi candidato a Grão-Mestre Geral em 1947 e posteriormente viria a ser do Supremo Tribunal de Justiça gobiano em 1964 e, finalmente, do pranteado Ithamar Rates Barroso, que, além de tanto ter feito pela Loja, foi presidente da Soberana Assembleia Legislativa Federal, tendo alguns irmãos presentes àquela sessão conheceram o conhecido em vida.

O Eminente irmão Cléscio Galvão, em sua fala, ressaltou o exemplo que a sessão evocava para o Brasil, de plena harmonia entre os poderes, e que a Maçonaria, embora vede discussão de política partidária em suas sessões, deve sim discutir política no sentido mais abrangente do termo, pois ela é a arte do diálogo e da melhor convivência humana. Exortou a que todos pensassem: por que nos reunimos?

O Sapientíssimo irmão Ademir Candido disse que estava feliz em representar o Poder Central na data e que estava conhecendo muitos irmãos naquele momento e que isso é uma das magias da sociabilidade maçônica: tratar como irmão quem se acaba de conhecer.

Estiveram presentes também à sessão o Poderoso Irmão Hélio Barros Couto, Delegado do Grão Mestre do GOMG e representante do Sereníssimo Grão Mestre Vanderlei Geraldo de Assis, e Poderoso Irmão  Gilmar Bellotti de Souza, Coordenador do Rito Brasileiro a nível de Minas Gerais no Grande Oriente de Minas Gerais e Grande Regente do Supremo Conclave Autônomo para o Rito Brasileiro, além das seguintes autoridades gobianas: Pod.’. Ir.’. Átila Bella Secretário Adj. de Previdência e Assistência, Respeit.’. Ir.’. Valdecir Raimundo Barbosa Secretário Executivo da PCM, Respeit.’. Ir.’. Sérgio Henrique Passos, Secretário Executivo da PAEL, Pod.’. Ir.’. Augusto Mendes – Grd Sect para Entidade Para maçônicas do Gob MG; Pod.’. Ir.’. Bibiano CRZM PCM, Pod.’. Ir.’. EloI Hildebrando de Oliveira Jr, Assessor do Grão-Mestrado do GOB-MG para a 30ª Região e Pod.’. Ir.’. Demétrius Ayres do Carmo, Conselheiro Excelso Conselho Estadual do GOBMG – Loja Culto ao Dever – Rio Novo